O TÉCNICO DE APOIO PSICOSSOCIAL é o profissional qualificado apto a promover, autonomamente ou integrado em equipas multidisciplinares, o desenvolvimento psicossocial de grupos e comunidades no domínio dos cuidados sociais e de saúde e da intervenção social e comunitária.

 

As atividades principais a desempenhar por este técnico são:

  • Identificar, diagnosticar, analisar e avaliar diferentes domínios, contextos, situações, problemas e comportamentos sobre os quais seja necessário intervir;
  • Planear, organizar, desenvolver e avaliar programas, projectos, acções e actividades que dêem resposta às necessidades diagnosticadas
  • Definir estratégias, métodos e técnicas de intervenção face a cada situação diagnosticada;
  • Identificar recursos, encaminhando, articulando, ou criando novas soluções para as situações detectadas;
  • Intervir junto de indivíduos, grupos, comunidades, ou populações com necessidades específicas, promovendo o seu desenvolvimento pessoal e sociocomunitário;
  • Promover a integração grupal e social fomentando a interacção entre os vários actores sociais da comunidade;
  • Elaborar relatórios de atividades.
  • Intervir em comunidades em que não sejam detectadas necessidades especiais, nomeadamente escolas, lares de terceira idade, centros de ATL;
  • Realizar atividades complementares de acção pedagógica com vista ao desenvolvimento integral de grupos e/ou indivíduos;
  • Promover o acompanhamento e a reinserção de crianças e jovens institucionalizados;
  • Participar em equipas pluridisciplinares que desenvolvam actividades no âmbito da Educação para a Saúde;
  • Acolher e acompanhar de forma personalizada o doente e seus familiares nos circuitos  assistenciais das Unidades de saúde apoiando-os e motivando-os para o tratamento;
  • Contribuir para uma efetiva comunicação intrainstitucional na relação com o doente e seus familiares;
  • Realizar atividades complementares de ação terapêutica, tendo em vista o bem-estar na recuperação e na integração social plena do doente;
  • Desenvolver atividades lúdico-terapêuticas nas Unidades de Saúde, avaliando e registando a conduta e o desempenho global dos doentes, e acompanhá-los em visitas de estudo relacionadas com a área ocupacional e saídas de socialização;

 

Duração do Curso
 2013/2014 a 2015/2016


Diretora de Curso: Maria da Conceição Madureira


- Portaria nº 1 285/2006, de 21 de Novembro

 

PLANO CURRICULAR

HORAS

Formação Sociocultural

1000 

Português

320

Língua Estrangeira

220

Área de Integração

220

Educação Física

140

T. I.C.

100

Formação Científica

500

Psicologia

200

Sociologia 200

Matemática

100

Formação Técnica

1100

Área de Expressões

450

Comunidade e Intervenção Social

280

Animação Sociocultural

200

Psicopatologia Geral

170

Formação Contexto de Trabalho

600

Total Horas Curso

3200